Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

A água = Ho'oponopono, fluir, deixar Deus fazer...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Lena


Admin
*A água vai pelo caminho mais fácil

Os mestres dizem: "A água vai pelo caminho mais fácil". Quando vemos um filete de água no quintal ou o curso do rio numa paisagem, é fácil “entender" esta frase. Mas quantos de nós paramos para pensar sobre essa realidade antes de ter lido ou ouvido estas palavras? Que a água vai pelo caminho mais fácil é um fato tão natural e óbvio que não paramos para pensar sobre o que isso significa. Quando observamos nossos próprios comportamentos, temos impressão que gostamos de complicar tudo. Para os sábios orientais, qualquer coisa que exija esforço demais, não é natural. Ou as coisas acontecem naturalmente, sem desgastes, ou a pessoa está atrás de alguma coisa que não corresponde às possibilidades do momento. Se existe esforço excessivo a pessoa pode estar tomada pelo desejo e pela obstinação. E, muitas vezes, para conquistar o objeto de desejo, ela acaba tendo atitudes insensatas como ir pelo caminho de maior atrito e de maior dificuldade. Tudo funciona melhor quando existe afinidade entre os elementos. Numa relação afetiva, na amizade, nas parcerias de trabalho, na ascensão profissional, as coisas funcionam dessa forma. Quando uma pessoa gosta do do que faz, é mais fácil progredir. Não há esforço, tudo é gratificante. Quando as pessoas são afins, não há formalidades. As coisas fluem. Não é esforço nenhum para a água descer um terreno em declive e pelos caminhos abertos.

*A água não briga com os obstáculos

Quando a água encontra uma pedra pelo caminho, não fica histérica. Ela não fica lá, parada, dedo em riste, dando aulas de boas maneiras, nem xingando a mãe da pedra. Não vê vantagem nenhuma em perder tempo e energia por causa de um incidente tão sem importância. Existem inúmeras situações no cotidiano - quase todas - que são bobagens, simples pedras de rio. Acontecem muitos incidentes em casa, no trabalho, no trânsito, na escola, no hotel, no restaurante, no cinema, mas poucas situações merecem aborrecimento e atitudes drásticas. Em vez de pensar em coisas pequenas, é melhor nos concentrarmos em coisas importantes. A água do rio vai para o mar, para o grande. É para isso que ela está no fluxo. É isso que importa. O resto são percalços naturais do curso. Tanto quanto o rio tem o propósito de levar suas águas para o mar, nós também temos uma missão de vida a cumprir. Se ficarmos enroscados em cada um dos pequenos aborrecimentos do dia-a-dia, isso só vai envenenar nossa vida. Há um consumo grande de tempo e energia quando nos irritamos e brigamos com as pessoas. Não vale a pena. Se fluirmos como um rio, não haverá nenhum desperdício, nenhuma perda. Nenhuma pedra. Ao contrário, ao fluir, nos sentiremos gratificados e felizes por estar cada vez mais perto da nossa verdadeira natureza e da nossa missão. Sabedoria é agir com suavidade, com diplomacia e não brigar com os obstáculos.

*A água se acumula até achar a borda mais baixa

Ao deparar com um buraco, a água se precipita até o fundo. Se não encontrar saída, ela se acumula e preenche o fosso. À medida que se acumula o nível da água se eleva até encontrar uma borda baixa. Assim, ela sai do buraco e continua seu fluxo. Numa transposição dessa situação para a vida humana, podemos fazer muitas reflexões. A frase "Quando a água cai num fosso, ela se acumula até encontrar a borda mais baixa" pode ser reinterpretada da seguinte forma: "Quando uma pessoa sábia (água) depara-se com uma situação de dificuldade (fosso), ela se interioriza (acumula-se) até que naturalmente encontra a saída mais fácil (borda mais baixa)”. Numa a situação complicada em que não existe solução imediata, o sábio também se acumula, isto é, volta-se para dentro de si em busca de recursos interiores. Faz da adversidade uma oportunidade para ficar quieto, para meditar como está conduzindo seus ideais, quais são seus valores mais importantes e qual é o sentido da sua existência. A água não se agita no fundo do fosso. Ela não fica enlouquecida, não “sobe pelas paredes". Não é da sua natureza a água subir pelas paredes. Ela fica quieta, não gasta energia com nada, apenas se acumula tranqüilamente e espera que a situação apresente uma saída. A água sabe que tudo flui e que é preciso preencher as depressões que encontrar pelo caminho e seguir em frente. Enquanto estiver fluindo, nada barra seu curso. Quando o sábio observa o comportamento da água percebe que a calma e a confiança na vida são essenciais para se encontrar a saída mais fácil - e mais facilmente.

*O que mantém a vida da água é o fluxo

Os mestres taxistas perceberam que tudo na vida é fluxo, tal qual a água. Se a vida é mutação, ciclo e impermanência, então a vida só poderia ser fluxo. Ou ainda, a vida só se mantém por causa do fluxo. "Fluir" não quer dizer apenas "correr", "se deixar levar", "tocar em frente", "continuar a vida". Fluxo também é isso, mas é muito mais do que isso. Fluxo é entrar e sair. É circular, fazer um ciclo, beneficiar. É aproveitar o que é necessário e eliminar o que não serve mais. Como na digestão. A vida precisa fluir. Assim como a retenção de água no organismo causa problemas à saúde, a retenção de valores, idéias, conceitos, sentimentos negativos, apegos e ilusões, também fazem mal para nossa saúde psicológica. O fluxo é necessário não só para abrir espaço para o novo, mas também para que todas as coisas à nossa volta sejam beneficiadas. Permitir o fluxo é beneficiar. Impedir o fluxo é prejudicar, é sinal de egoísmo, de apego. Se represarmos um riacho para ter água apenas na nossa propriedade, prejudicaremos a vida de tudo e de todos que vivem rio abaixo. O fluxo da água ensina que precisamos ser desprendidos. Precisamos ter uma postura de desapego tanto para as coisas boas como a sorte e a riqueza, quanto para as coisas ruins como os ressentimentos e a tristeza. Porque tudo é mutável e impermanente. Porque tudo na vida, como a água, é fluxo.

*O oceano é grande porque fica no lugar mais baixo

Ao perceberem que o oceano é grande porque ocupa a posição mais baixa, os taxistas chegaram à conclusão que só é grande aquele que é humilde. A água não se esforça para ficar nos lugares mais altos.A água é o melhor exemplo do que significa servir. Ela irriga a terra, alimenta as plantas e os animais, serve de habitat para peixes e outras criaturas, embeleza os céus com as nuvens, serve como base líquida do sangue e das secreções. Tudo isto em silêncio, com humildade. A missão da água é servir. Assim como a água, os antigos sábios também se viam como canais, como veículos de transmissão da sabedoria que haviam aprendido com seus mestres e com a Natureza. Sabiam que eles eram apenas instrumentos da Natureza e que só existe uma única missão nesta vida: servir. Era nesta humildade que estava (e está) a grandeza dos sábios. Podemos trabalhar em qualquer atividade, mas a missão será sempre a mesma: servir. E servir significa beneficiar, usar nosso talento e nossos conhecimentos para colaborar para o desenvolvimento da humanidade. O tirano subjuga a população, o verdadeiro estadista serve ao povo. O arrogante é pequeno porque só quer vantagens pessoais, o sábio é grande porque é humilde e deseja o bem de todos. Esta é uma das mais belas lições morais que os chineses aprenderam com a água.

*Existe uma única água no mundo

A água que hoje alimenta e beneficia tudo o que existe na Terra é a mesma desde a sua formação. Ao beber um copo de água, não se bebe apenas água. Bebe-se todas as memórias da água e toda a história do planeta. A água que bebemos hoje já foi chuva, rio e oceano. Já foi gelo da Era Glacial, sangue do Homem de Neanderthal e lavou as mãos de Pôncio Pilatos. A percepção do ciclo da água levaram os chineses à idéia de unicidade,e, como conseqüência, a um sentimento de reverência. A água, para eles, não é só sábia, mas, especialmente, sagrada. Como tudo. Para os sábios, assim como a água é uma só, tudo no mundo é uma coisa só. E tudo é sagrado. A unicidade da água mostra que nada está isolado, nada está fora do todo e tudo forma uma única realidade. Nada é imprestável ou sem função. A nuvem, o rio, a neve, a transpiração, a lágrima, a chuva, todas as manifestações da água têm função. Em essência, nada e ninguém é melhor do que outra coisa ou outra pessoa. Tudo e todos merecem o mesmo respeito, a mesma reverência. A partir da unicidade, os sábios orientais desenvolveram o conceito de compaixão. A água nos mostra a ligação de todas as
coisas, que todos os fenômenos são a manifestação de uma coisa só, de uma coisa que é sagrada,transcendente.

*Texto retirado do Livro: A Sabedoria da Natureza/Roberto Otsu

A filosofia oriental sempre me fascinou pela percepção que este povo antigo trás da observação da natureza... Povos ocidentais como os vermonteses, nesse imperdível livro, através do Dr. Jarvis notável e sensível médico, que também contribuiu deixando impresso sábias observações de um povo, em um contexto físico...

De todos os elementos, realmente a água, fluir como a água - não nadar, pois nadando estaríamos ego/memórias > lutando... Fluir é um estado de consciência desperta, onde aceitamos, confiamos e entregamos... Em outras palavras, também de sábias filosofias orientais, "fazemos sem fazer"... Quando pratico Ho'oponopono, faço sem fazer... Flúo com o momento, apenas pedindo a limpeza das memórias que me são apresentadas, flúo como a humildade da água, pois já não tenho a menor dúvida de que eu ego/Lena nada faz, porém o Amor que Ama em mim FAZ e de forma surpreendente, apenas deixar Deus fazer...

Posso assegurar que nos rendendo conta da simplicidade que está ao nosso dispor, nossa experiência humana no contexto como um todo, fica bem mais fácil, pois tudo é absolutamente simples e somente com a prática pode atestar!

Lena Rodriguez

Fonte > http://desenvolvendoaconsciencia.blogspot.com/2010/12/agua.html

[/justify]


_________________
Lena Rodriguez
WWW.CUIDEBEMDEVOCE.COM
http://www.cuidebemdevoce.com

2 Manipulação e controle através da água em Dom Jun 19, 2011 9:40 am

Al McAllister


Admin
No site STUM há um artigo que coloco aqui quase na íntegra por ser tão claro e bem referenciado na sua exposição:

O mecanismo de controle da sociedade.

Para poder empurrar suas idéias de forma mais efetiva, a indústria precisa de uma maioria esmagadora de pessoas simplistas e receptivas (os Homer Simpsons,
no jargão do tio Bonner), e precisam garantir que isso se perpetue de
uma geração pra outra. É preciso então um veículo que todas as pessoas
consumam.

E esse veículo é a água. E o que botar na água para que as pessoas se
tornem mais dóceis e receptivas à manipulação? Algo que não levante
suspeitas; algo que seja visto como benéfico, e imprescindível. A
resposta é o flúor.

O flúor é um gás halógeno, como o iodo e o cloro, extremamente volátil e
altamente reativo, daí sua grande facilidade em se combinar a outros
elementos. O flúor ingerido é rapidamente absorvido pela mucosa do
estômago e do intestino delgado. Sua via de eliminação são os rins,
responsáveis por eliminarem 50% do flúor diariamente ingerido, e o que
sobra tem que encontrar refúgio em alguma parte do corpo, que geralmente
é junto ao cálcio de algum dos tecidos conjuntivos. Como os dentes e os
ossos são os maiores reservatórios de cálcio, é para lá que o excesso
de flúor tende a se dirigir, passando a deformá-los e a provocar o que cientificamente se conhece como fluorose. Disfunções renais, ao impedirem a perfeita eliminação do excesso de flúor, só fazem aumentar os riscos da fluorose.

De acordo com cálculos divulgados em 1977 pelo National Academy of Sciences
(NAS), um organismo que diariamente retém quantidades de flúor
superiores a 2 mg, ao chegar aos 40 anos, começa a apresentar problemas
estruturais como artrite, escoliose, rugas, arteriosclerose etc, pois há
uma forte interferência do flúor sobre a síntese do colágeno. Sob
condições normais, só o colágeno dos ossos e dos dentes sofre o processo
de mineralização, mas em conseqüência dos distúrbios causados pelo
excesso do flúor, não só os ossos e dentes podem ser hipermineralizados,
como também o colágeno dos tecidos conectivos da pele, cartilagem,
tendões, ligamentos, provocando conseqüências das mais diversas, como:

- Rugas na pele e quadros de arteriosclerose.
- Calcificação das membranas interósseas da coluna, cotovelos, joelhos,
ombros, etc, levando aos mais diversos quadros de artrite.
- Excesso de rigidez/perda de flexibilidade óssea, aumentando a
incidência das fraturas e diminuindo a capacidade de cicatrização dos
ossos.
- Fluorose dental, gerada pela deformação do esmalte.
- Fluorose óssea, fluorose esquelética ou osteofluorose, que provoca a deformação da estrutura dos ossos.
- Rompimento de tendões.

Este conhecimento não é nada de novo, pois, em 1936, o Journal of the American Dental Association já alertava:
É crescente o número de evidências sobre os efeitos da intoxicação
crônica causada pela ingestão prolongada de pequenas quantidades de
flúor... Os registros sobre toxicidade apontam o flúor, o chumbo e o
arsênico como pertencentes a um grupo que intoxica a doses baixas.

A ingestão de uma grande quantidade de flúor em um curto período de tempo pode ser letal, e é por isso que pastas de dente vêm com avisos pra não serem ingeridas.
Ainda assim, o Flúor é considerado medicamento pela Organização Mundial
de Saúde (OMS). Só que o limite entre o remédio e o veneno é muito
tênue.

Há dados de uma pesquisa na China que indicam que a exposição ao flúor pode reduzir a inteligência das crianças, ou seja, o flúor ainda por cima pode ser uma neurotoxina, como aquele gás que o Espantalho usou na cidade de Gotham, no filme Batman Begins.

Estatísticas de um estudo realizado pelo Ministério da Saúde da Nova Zelândia indicam que nem pra combater a cárie o flúor na água tem servido.

Justamente por ser um medicamento e com contra-indicações, vários países vetaram (ou nunca usaram!) flúor na água. Entre eles Alemanha, França, Bélgica, Finlândia, Dinamarca, China, Holanda e Japão.

O flúor é mais tóxico que o chumbo, cuja quantidade na água potável não deve superar 0,4 partes por milhão (ppm). Mas o nível do flúor na água potável costuma ser de 1,5 ppm. Por que ele é permitido em até 100 vezes mais aqui no Brasil e mais de 260
vezes mais nos Estados Unidos?

"Nações que ainda praticam fluoretação de água deveriam envergonhar-se de si mesmas"
(Dr. Arvid Carlsson, Nobel de medicina 2000)

A razão é que o flúor é um tranquilizante, um narcótico. Em um relatório
da Universidade da Flórida é dito: "Uma solução de 0,45 ppm de fluoreto
de sódio é suficiente para fazer com que as reações sensoriais e
mentais fiquem mais lentas". Uma sociedade de pessoas dóceis é
facilmente controlável, e qualquer coisa que digam (como as desculpas do
11 de setembro, ou o enriquecimento do Palocci) são aceitas sem muito
(ou nenhum) questionamento.

Os nazistas foram os primeiros descobrir
que usar o flúor na água acalmava os prisioneiros dos campos de
concentração e tornava as mulheres estéreis. Esse conhecimento foi usado
pelos russos e daí repassado para outras corporações através cartel da IG Farben
(quando a empresa foi extinta, no fim da 2ª guerra, os americanos e
russos pegaram o máximo de patentes que puderam). O fluoreto de sódio
está contido em 25% dos maiores tranquilizantes, e um exemplo disso é
que o acréscimo de flúor no tranqüilizante Diazepam (Valium) produz um
tranqüilizante mais forte, o Rohypnol (Rupinol). Ambos são fabricados
pela Roche, uma empresa que era da IG Farben.

Quanto mais você investiga, maior a dimensão que a coisa vai tomando, e
você vai percebendo o quanto a herança da 2ª Guerra Mundial (em especial
o know-how nazista) influencia até hoje nosso mundo. Seja nos
elevadores, nos remédios, nas roupas, você se verá cercado por marcas
que, a despeito do que fizeram no passado, continuam sendo líderes e
influenciando no nosso modo de vida.

"Aqueles que manipulam esse mecanismo invisível da sociedade
constituem um governo invisível que é o verdadeiro poder dominante de
nosso país... nossas mentes são moldadas, nossos gostos formados, nossas
idéias sugeridas, em grande parte por homens de quem nós nunca ouvimos
falar"

(Edward Bernays)

"O que o flúor tem a ver com o começo do post?", você me pergunta... eu
também não sabia, mas confiei que de algum modo esses temas estão
relacionados e (vejam só!) durante a pesquisa descobri que o Prozac é
composto de fluoxetina, um anti-depressivo à base de flúor.

Referência:
Documentário "A farsa do flúor";
Veneno na torneira


_________________
© 2007-2014 Soubem Ltda.    www.soubem.com
http://soubem.com

Elusa


Mais informações e alertas sobre o flúor na água

Tópicos para reflexão e mobilização:

- A maioria dos países com menor taxa de cáries são africanos, onde a maioria da população possui dieta pautada em alimentação natural, pouco processada e o consumo de açúcar é extremamente baixo.

- Pesquisa realizada pela Organização Mundial de Saúde revela que em países onde não há a fluoretação das águas de abastecimento o declínio de dentes careados na população é igual ou maior que nos países que inserem flúor em seus reservatórios.

- Empresas de alumínio, para não arcarem com as despesas de resíduos industriais contendo fluoreto, vendem o produto.

- Os fluorsilicicos são resíduos de indústrias de fertilizantes e também contém contaminantes como o Arsênico, Mercúrio, Chumbo e outros. Para onde vão estes resíduos?

- Segundo a Associação Canadense de Médicos para o Meio Ambiente, a incidência de efeitos tóxicos da fluoretação foi subestimada. Estudos mostram que o fluoreto é uma potencial imunotoxina, neurotoxina, embriotoxina e prejudicial para tecidos ósseos, incluindo os dentes. O excesso de flúor causa uma doença dental chamada fluorose.

- Dentes desmineralizados podem ser adequadamente tratados com aplicação tópica de flúor por um dentista.

- 3.673 profissionais já assinaram um documento para o fim da fluoretação da água. Dentre os signatários encontra-se: Arvid Carlsson, Nobel de Medicina (2000), que declarou: "Nações que ainda praticam fluoretação de água deveriam envergonhar-se de si mesmas."

- A Organização Mundial de Saúde alerta que casos iniciais de Fluorose osteoarticular podem ser diagnosticados como reumatóides ou osteoartrite.

- Sendo cumulativo, somente 50% do Flúor ingerido diariamente é excretado pelos rins, o restante fica acumulado nos ossos, glândula pineal (levando à calcificação da mesma) e outros tecidos.

- O Flúor altera enzimas onde o magnésio é um importante co-fator e carreia Alumínio para o cérebro, agravando o Alzheimer.

- O Flúor induz dano na região do hipocampo cerebral, área ligada à hiperatividade e déficits cognitivos.

- O Flúor se acumula em ossos, tornando-os quebradiços e aumenta a taxa de fraturas de bacias em idosos. Dezenas de estudos de laboratórios têm demonstrado que o Flúor é mutagênico e que é uma substancia carcinogênica.

- Acumulando-se na glândula pineal, o Flúor reduz a produção de melatonina, hormônio importante na indução do sono e cuja redução pode levar ao inicio precoce da puberdade.

- “Anteriormente, no século XX, o Flúor era prescrito por um certo numero de médicos europeus para reduzir a atividade da glândula tireóide, para aqueles que sofriam de hipertireoidismo” (Merck Index, 1960, pg. 952, Waldbott e colaboradores, 1978, pg 163).

- O Flúor é, portanto, um depressivo tireoidiano, podendo levar a hipotireoidismo e consequentemente a disturbios relacionados a ele, como depressões, fadiga, aumento de peso, dores musculares, aumento de colesterol e doenças cardíacas.

- Alguns países onde não há fluoretação das águas: Alemanha, Hungria, Bélgica, Japão, Holanda, Áustria, Noruega, China, Dinamarca, Finlândia, Suécia.

Fonte: http://venenofluor.blogspot.com/ (vejam o vídeo com o nobel de medicina) http://youtu.be/ca9PtUmEiQM

Veja mais em: Fraude do flúor (documentário)

Livros:
O flúor e outros vilões da humanidade;
Fluoride in Drinking Water;
The fluoride deception;
Fluoride – the aging factor;
Saúde e beleza forever;
Fluoride – drinking ourselves to death?

Colaboração:

Dra. TATIANA REGINA SANDY REIS
Cirurgiã-Dentista / Clínica Geral, Terapia Neural e Odontologia Neurofocal
Hipnologia Condicionativa / Recondicionamento mental
Especialista em Agricultura Orgânica / Biodinâmica
Fundadora e Coordenadora da Associação Ipê (entidade de saúde integral, sócio-ambiental e cultural)
tatianareginasreis@gmail.com



http://www.elusapaz.blogspot.com/

4 Carlos Chapinotti sobre Água em Qui Set 20, 2012 11:07 pm

Al McAllister


Admin
Procurando meios de eliminar o flúor da água, eu acidentalmente encontrei
informações bastante ricas sobre o potencial zeta da água. Quem consumir
a água pura H2O terá uma série de beneficios à saúde. O artigo está em
um site de um médico.

http://www.ecologiacelular.com.br/content/potencial_zeta_agua_sangue_e_adoecimento


Os meios de se retirar os minerais e coloides da água são:

Destilação com equipamento provido com exaustão.

Equipamento de osmose reversa.

Uso filtro com cristais de quartzo, resina catiônica, resina aniônica + carvão ativado.

Boa leitura.

Carlos Chapinotti


_________________
© 2007-2014 Soubem Ltda.    www.soubem.com
http://soubem.com

Al McAllister


Admin
Grato Carlos, muito importante essa informação.


_________________
© 2007-2014 Soubem Ltda.    www.soubem.com
http://soubem.com

6 Água Destilada, a desinformação... em Dom Fev 17, 2013 2:29 pm

Al McAllister


Admin
Fonte, Linda Harrison: http://www.lisamharrison.com/2012/04/30/andrew-norton-webber-distilled-water/



"Todas as águas destiladas (as produzidas mecanicamente, sucos naturais - não pasteurizados, e a sua urina - ela é 95% água destilada) ajudam resolver questões de alergias e cansaço. Água destilada limpa todos os minerais inorgânicos (mortos) do sistema. Toda água destilada é carregada de Oxigênio, consumindo 4 litros por dia - dentro de 3 dias o corpo se sente energizado e em processo de cura. Não importa qual tipo de água destilada, ou combinação delas, desde que seu consumo diário é de 4 litros o "rio interior" começa a fluir e é mantido limpando todo seu organismo." Andrew Norton Webber

Depoimento impressionante..




Como produzir água destilada: http://pt.wikihow.com/Fazer-%C3%81gua-Destilada


_________________
© 2007-2014 Soubem Ltda.    www.soubem.com
http://soubem.com

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum