Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

NISARGADATTA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:10 am

JoseEduardo


Você tem de abrir mão de tudo para saber que não precisa de nada, nem sequer do seu corpo. Suas necessidades são irreais, e seus esforços sem sentido. Você imagina que suas posses o protegem. Na verdade, elas o fazem vulnerável. Compreenda a si mesmo como que existindo à parte de tudo o que possa ser indicado como 'isto' ou 'aquilo'. Você é inalcançável por qualquer experiência sensória ou construção verbal.
You have to give up everything to know that you need nothing, not even your body. Your needs are unreal and your efforts are meaningless. You imagine that your possessions protect you. In reality they make you vulnerable. Realize yourself as away from all that can be pointed at as 'this' or 'that'. You are unreachable by any sensory experience or verbal construction.

Este é o ponto central do assunto. Enquanto você acreditar que apenas o mundo externo é real, você continua seu escravo.
This is the heart of the matter: As long as you believe that only the outer world is real, you remain its slave.

Existência e não-existência dizem respeito a espaço e tempo, aqui e agora, lá e então, os quais, novamente, estão na mente.

Existence and non-existence relate to something in space and time, here and now, there and then, which again are in the mind.
O mundo não é mais que um espetáculo, brilhante e vazio. É, e entretanto não é. Está aí só enquanto eu quero vê-lo e tomar parte nele. Quando deixo de me interessar, dissolve-se. Não tem nenhuma causa e não serve a nenhum propósito. Acontece quando estamos distraídos. Aparece exatamente como aparece, mas não há nele nenhuma profundidade, nem significado. Só o espectador é real, lhe chame Si mesmo ou Atma. Para o Si mesmo o mundo é um espetáculo colorido de que goza enquanto dura e que esquece quando acaba. O que acontece na cena lhe faz tremer de terror ou cair na risada, entretanto ele sempre está consciente de que é um espetáculo. Sem desejo nem medo, ele o goza, tal como acontece.

Os gurus com estilo próprio falam em amadurecimento e esforço, em méritos e conquistas, em destino e graça; tudo isso são meras formações mentais, projeções de uma mente viciada. Ao invés de ajudar, elas obstruem.
The self-styled gurus talk of ripeness and effort, of merits and achievements, of destiny and grace; all these are mere mental formations, projections of an addicted mind. Instead of helping, they obstruct.

Tudo acontece como necessário, e mesmo assim nada acontece. Eu faço o que parece ser necessário, mas, ao mesmo tempo, eu sei que nada é necessário, que a vida, em si mesma, é uma crença falsa.
All happens as it needs, yet nothing happens. I do what seems to be necessary, but at the same time I know that nothing is necessary, that life itself is only a make-belief.

Você é Deus, mas não sabe.
You are God,but you do not know it.

O puro Ser, preenchendo tudo e além, não é a existência, a qual é limitada. Toda limitação é imaginária, apenas o ilimitado é real.
Pure being, filling all and beyond all, is not existence, which is limited. All limitation is imaginary, only the unlimited is real.

O verdadeiro estado de 'Sciência' é um estado de puro testemunhar, sem a menor tentativa de fazer o que quer que seja com relação ao que se testemunha. Seus pensamentos e sentimentos, palavras e ações, também podem ser parte do evento; você observa a tudo sem preocupações, sob a plena luz da claridade e compreensão. Você compreende precisamente o que está acontecendo, porque não lhe afeta. Pode parecer uma atitude de distanciamento frio, mas não é realmente assim. Uma vez que você esteja assim, descobrirá que você Ama o que vê, qualquer que seja sua natureza. Esse Amor incondicional é a pedra de toque da conSciência. Se ele não estiver ali, você está simplesmente interessado, por algum motivo pessoal.
True awareness (samvid) is a state of pure witnessing, without the least attempt to do anything about the event witnessed. Your thoughts and feelings, words and actions may also be a part of the event; you watch all unconcerned, in the full light of clarity and understanding. You understand precisely what is going on, because it does not affect you. It may seem to be an attitude of cold aloofness, but it is not really so. Once you are in it, you will find that you love what you see, whatever may be its nature. This choiceless love is the touchstone of awareness. If it is not there, you are merely interested, for some personal reasons.

Aprofunde e alargue a sua Sciência de si mesmo e todas as bençãos fluirão. Você não precisa buscar nada, e tudo virá a você na maior naturalidade e sem esforço.
Deepen and broaden your awareness of yourself and all the blessings will flow. You need not seek anything, all will come to you most naturally and effortlessly.

2 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:13 am

JoseEduardo


Na realidade, há apenas a fonte, escura em si mesma, tornando tudo brilhante. Não percebida, causa a percepção. Não sentida, causa o sentir. Impensável, causa o pensamento. Não-sendo, dá origem ao Ser. É o fundo imóvel do movimento. Uma vez que você esteja ali, estará em casa em qualquer lugar.
In reality there is only the source, dark in itself, making everything shine. Unperceived, it causes perception. Unfelt, it causes feeling. Unthinkable, it causes thought. Non-being, it gives birth to being. It is the immovable background of motion. Once you are there, you are at home everywhere.

Nobody suffers in a play, unless one identifies himself with it. Don't identify yourself with the world and you will not suffer.

Exatamente como a sombra aparece quando a luz é interceptada pelo corpo, assim a pessoa surge quando a auto-Sciência pura é obstruída pela idéia 'Eu-sou-o-corpo.' E como a sombra muda de forma e posição de acordo com o terreno no qual é projetada, da mesma maneira, a pessoa parece se regozijar e sofrer, descansar e trabalhar duro, achar e perder, de acordo com o padrão do destino. Quando não há mais corpo, a pessoa desaparece completamente, sem retorno; apenas a testemunha permanece e o Grande Desconhecido. NOTA DO TRADUTOR: Por axioma, só Existe UMA única 'coisa' contínua no tempo e no espaço. Por outro lado, só aquilo que Existe para a Testemunha ou Observador, pode eventualmente deixar de existir. Aquilo que não Existe, ou que nunca existiu, não tem como deixar de existir, pois nunca existiu. Então e repetindo,como só UMA única 'coisa' Existe (e não Existe nada além ou aquém, antes ou depois, além ou aquém, maior ou menor que 'Isso'), para que 'Isso' que Existe deixe de existir, 'Isso' terá de continuar existindo para poder 'saber' que deixou de existir! Ou seja: não há como o que Existe deixar de existir. A metáfora de 'quando o corpo deixa de existir', pode ser lida como sendo que, na 'verdade', ele (o corpo) nunca deixa de existir, porque já não existia antes. Quem existia antes era 'Isso', o que continua existindo. 'Eu Sou' agora o que deixou de existir e o que vai existir ainda, porque só 'Eu Sou'. 18/06/03
Exactly as a shadow appears when light is intercepted by the body, so does the person arise when pure self- awareness is obstructed by the 'I-am-the-body' idea. And as the shadow changes shape and position according to the lay of the land, so does the person appear to rejoice and suffer, rest and toil, find and lose according to the pattern of destiny. When the body is no more, the person disappears completely without return, only the witness remains and the Great Unknown.

Quebre os laços da memória e da auto-identificação que a concha [da pessoa] quebrará por si mesma. Há um centro que imparte realidade ao que quer que perceba. Tudo o que você precisa é compreender que você é a fonte da realidade, que você dá a realidade ao invés de recebê-la, que você não precisa de sustentação ou de confirmação. As coisas são como são porque você as aceita como elas são. Pare de aceitá-las e elas se dissolverão. O que quer que você pense com desejo ou medo aparece a sua frente como real. Olhe para isso sem desejo ou medo, e ela perde substância. Prazer e dor são momentâneos. É mais simples desprezá-los do que agir sobre eles.
Break the bonds of memory and self-identification and the shell [of the person] will break by itself. There is a centre that imparts reality to whatever it perceives. All you need is to understand that you are the source of reality, that you give reality instead of getting it, that you need no support and no confirmation. Things are as they are because you accept them as they are. Stop accepting them and they will dissolve. Whatever you think about with desire or fear appears before you as real. Look at it without desire or fear and it does lose substance. Pleasure and pain are momentary. It is simpler and easier to disregard them than to act on them.

Toda espera é fútil. Depender do tempo para resolver seus problemas é auto-ilusão. O futuro, deixado a si mesmo, simplesmente repete o passado. Mudanças só podem acontecer agora, nunca no futuro.
All waiting is futile. To depend on time to solve our problems is self-delusion. The future, left to itself, merely repeats the past. Change can only happen now, never in the future.

Na realidade, você nunca nasceu e nunca morrerá. Mas você imagina que você é, ou tem, um corpo e pergunta o que o trouxe a esse estado. Dentro dos limites da ilusão, a resposta é: o desejo, nascido da memória, o atrai a um corpo e o faz pensar ser alguém com ele. Mas isso é verdadeiro apenas do ponto de vista relativo. Na verdade, não existe corpo, nem um mundo que o contenha; há apenas uma condição mental, um estado similar ao sonho, fácil de dissipar questionando sua realidade.
In reality you were never born and never shall die. But now you imagine that you are, or have, a body and you ask what has brought about this state. Within the limits of illusion the answer is: desire born from memory attracts you to a body and makes you think as one with it. But this is true only from the relative point of view. In fact, there is no body, nor a world to contain it; there is only a mental condition, a dream-like state, easy to dispel by questioning its reality.

Enquanto houver o corpo e um sentimento de identidade com êle, a frustração é inevitável. Apenas quando você conhece a si mesmo como inteiramente estranho ao corpo e diferente dele, você escontrará um alívio da mistura de medos e dos desejos que lhe consomem, [e que são] inseparáveis da idéia 'Eu-sou-o-corpo'.
As long as there is the body and the sense of identity with the body, frustration is inevitable. Only when you know yourself as entirely alien to and different from the body, will you find respite from the mixture of fear and craving inseparable from the 'I-am-the-body' idea.

Quem está lá para ser conSciente da inconSciência? Enquanto a janela está aberta, há sol na sala. Com as janelas fechadas, o sol continua [existindo], mas ele vê a escuridão na sala? Há algo como escuridão para o sol? Não há tal coisa como inconSciência, porque a inconSciência não é experimentável.
Who is there to be conscious of unconsciousness? As long as the window is open, there is sunlight in the room. With the windows shut, the sun remains, but does it see the darkness in the room? Is there anything like darkness to the sun? There is no such thing as unconsciousness, for unconsciousness is not experienceable.

Eu compreendi, de uma vez por todas, que não sou nem o sujeito, nem o objeto.
I have realized once and for good that I am neither object nor subject.

O estado [do sábio] tem um sabor de bem-aventurança pura, não-causada, indissolúvel. Ele é feliz e completamente sciente de que essa felicidade é a sua própria natureza. Ele não precisa de nada, não busca por nada que a segure [consigo]. Ela o segue, mais real que o corpo, mais próxima que a própria mente. Para mim, dependência do que quer que seja para ser feliz é a pior das misérias. Prazeres e dores tem suas causas enquanto que meu estado é meumesmo, totalmente não-causado, independente, inatingível.
His [the gnani's] state tastes of the pure, uncaused, undiluted bliss. He is happy and fully aware that happiness is his very nature and that he need not do anything, nor strive for anything to secure it. It follows him, more real than the body, nearer than the mind itself. To me, dependence on anything for happiness is utter misery. Pleasure and pain have causes, while my state is my own, totally uncaused, independent, unassailable.

3 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:15 am

JoseEduardo


Mantenha-se em silêncio, imperturável, e a sabedoria e o poder virao por si mesmos. Você não necessita ansiar desesperadamente. Espere em silêncio no coração e na mente. É muito fácil ficar em silêncio, mas estar disposto isso é raro.
Keep quiet, undisturbed, and the wisdom and the power will come on their own. You need not hanker. Wait in silence of the heart and mind. It is very easy to be quiet, but willingness is rare.

O estado [do sábio] tem um sabor de bem-aventurança pura, não-causada, indissolúvel. Ele é feliz e completamente sciente de que essa felicidade é a sua própria natureza. Ele não precisa de nada, não busca por nada que a segure [consigo]. Ela o segue, mais real que o corpo, mais próxima que a própria mente. Para mim, dependência do que quer que seja para ser feliz é a pior das misérias. Prazeres e dores tem suas causas enquanto que meu estado é meumesmo, totalmente não-causado, independente, inatingível.
His [the gnani's] state tastes of the pure, uncaused, undiluted bliss. He is happy and fully aware that happiness is his very nature and that he need not do anything, nor strive for anything to secure it. It follows him, more real than the body, nearer than the mind itself. To me, dependence on anything for happiness is utter misery. Pleasure and pain have causes, while my state is my own, totally uncaused, independent, unassailable.

Enquanto houver o corpo e um sentimento de identidade com êle, a frustração é inevitável. Apenas quando você conhece a si mesmo como inteiramente estranho ao corpo e diferente dele, você escontrará um alívio da mistura de medos e dos desejos que lhe consomem, [e que são] inseparáveis da idéia 'Eu-sou-o-corpo'.
As long as there is the body and the sense of identity with the body, frustration is inevitable. Only when you know yourself as entirely alien to and different from the body, will you find respite from the mixture of fear and craving inseparable from the 'I-am-the-body' idea.
Nisargadatta Maharaj

Abra mão de todas as perguntas, exceto uma: 'Quem sou eu?' Além do mais, o único fato do qual você está certo é de que você é [existe]. O 'Eu Sou' é certo. O 'Eu Sou isto' não é. Lute para decobrir o que você é na realidade.
Give up all questions except one: 'Who am I?' After all, the only fact you are sure of is that you are. The 'I am' is certain. The 'I am this' is not. Struggle to find out what you are in reality.

Identificar-se com o particular é todo o pecado que há. O impessoal é real, o pessoal aparece e desaparece. 'Eu Sou' é o Ser impessoal. 'Eu Sou isto' é a pessoa. A pessoa é relativa, e o puro Ser [é] fundamental.
To identify oneself with the particular is all the sin there is. The impersonal is real, the personal appears and disappears. 'I am' is the impersonal Being. 'I am this' is the person. The person is relative, and the pure Being fundamental.

Recuse atenção [às coisas], deixe as coisas irem e virem. Desejos e pensamentos também são coisas. Despreze-os. Desde tempos imemoriais, o pó dos eventos tem coberto o espelho limpo da sua mente, de tal maneira que você tem podido ver apenas memórias. Dê uma espanada na poeira, antes que ela tenha tempo de se assentar; isso irá remover as camadas antigas, até que a verdadeira natureza da sua mente seja descoberta. É muito simples, e comparativamente fácil; seja sério e paciente, isso é tudo. Desapaixonamento, desapego, liberdade dos desejos e medos, da auto-preocupação, simples atenção livre da memória e da expectativa, esse é o estado mental no qual a descoberta pode acontecer. Além do mais, liberação nada mais é que a liberdade de descobrir.
Refuse attention [to things], let things come and go. Desires and thoughts are also things. Disregard them. Since immemorial time, the dust of events was covering the clear mirror of your mind, so that only memories you could see. Brush off the dust before it has time to settle; this will lay bare the old layers until the true nature of your mind is discovered. It is all very simple and comparatively easy; be earnest and patient, that is all. Dispassion, detachment, freedom from desire and fear, from all self-concern, mere awareness, free from memory and expectation, this is the state of mind to which discovery can happen. After all, liberation is but the freedom to discover.

Vire sua mente do avesso. Trave o que se move (o mutável), e você descobrirá a si mesmo como a realidade imutável sempre presente, inexprimível, mas sólida como uma rocha.
Turn your mind inside out. Overlook the movable and you will find yourself to be the ever-present, changeless reality, inexpressible, but solid like a rock.

O prêmio do auto-conhecimento é a liberdade do eu pessoal. Você não pode conhecer o conhecedor [aquele que conhece as 'coisas'] porque você É o conhecedor. O fato de conhecer é a prova do conhecedor. Você não precisa de outra prova. O conhecedor do conhecido é in-conhecível. Assim como a luz é conhecida apenas nas cores do céu, também o conhecedor é conhecido no conhecimento.
The reward of self-knowledge is freedom from the personal self. You cannot know the knower, for you are the knower. The fact of knowing proves the knower. You need no other proof. The knower of the known is not knowable. Just like the light is known in colours only, so is the knower known in knowledge.

Na realidade, tempo e espaço existem em você; você não existe neles. Eles [tempo e espaço]são modos de percepção, mas não são os únicos. Tempo e espaço são como palavras escritas no papel; o papel é real, as palavras, simplesmente uma convenção.
In reality time and space exist in you; you do not exist in them. They are modes of perception, but they are not the only ones. Time and space are like words written on paper; the paper is real, the words merely a convention.

Enquanto você estiver interessado na sua maneira atual de viver, você não a abandonará. A descoberta não acontecerá enqunto você estiver preso ao familiar. É apenas quando você compreende completamente a imensa tristeza da sua vida, e se revolta contra ela, que uma saída pode ser encontrada.
As long as you are interested in your present way of living, you will not abandon it. Discovery cannot come as long as you cling to the familiar. It is only when you realize fully the immense sorrow of your life and revolt against it that a way out can be found.

4 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:18 am

JoseEduardo


Onde está a necessidade de mudar alguma coisa? A mente está mudando o tempo todo, de qualquer maneira. Olhe para sua mente desapaixonadamente; isso é o suficiente para acalmá-la. Quando ela estiver silenciosa, você pode ir além dela. Não a mantenha ocupada o tempo todo. Faça parar, e apenas seja. Se você lhe der descanso, ela vai se estabilizar e recobrará sua pureza e força. O pensamento constante a faz decair.
Where is the need of changing anything? The mind is changing anyhow all the time. Look at your mind dispassionately; this is enough to calm it. When it is quiet, you can go beyond it. Do not keep it busy all the time. Stop it, and just be. If you give it rest, it will settle down and recover its purity and strength. Constant thinking makes it decay.

Como em um cinema tudo é luz, assim também a conSciência se torna o vasto mundo. Olhe atentamente e você verá que todos os nomes [palavras] e formas [geométricas ou não] são apenas ondas transitórias no oceano da conSciência, [e] que apenas a conSciência pode ser dita como existindo, não suas transformações. Na imensidão da conSciência, uma luz aparece, um pequeno ponto se move rapidamente e traça formas, pensamentos e sentimentos, conceitos e idéias, como uma pena escrevendo em um papel. A tinta que deixa o traço, é a memória. Você é esse pequeno ponto, e por seu movimento o mundo é sempre recriado. Pare de se mover e não haverá mundo. Olhe para dentro e você descobrirá que o ponto de luz é o reflexo da imensidão da luz no corpo, aparecendo como o sentimento de 'Eu Sou'. Há apenas luz, tudo o mais apenas aparece. Para a mente, ela [essa luz] aparece como escuridão. Ela pode ser conhecida apenas pelos seus reflexos. Tudo é visto à luz do dia, exceto a luz do dia em si mesma. A Suprema Sciência [a união definitiva entre criatura e criador] é ser o ponto de luz traçando o mundo. A luz, em si mesma, é a própria união. Mas para que servem os nomes, se a realidade está tão perto?

Just like in a cinema all is light, so does consciousness become the vast world. Look closely and you will see that all names and forms are but transitory waves on the ocean of consciousness, that only consciousness can be said to be, not its transformations. In the immensity of consciousness a light appears, a tiny point that moves rapidly and traces shapes, thoughts and feelings, concepts and ideas, like the pen writing on paper. And the ink that leaves a trace is memory. You are that tiny point, and by your movement the world is ever re-created. Stop moving and there will be no world. Look within and you will find that the point of light is the reflection of the immensity of light in the body, as the sense 'I am'. There is only light, all else appears. To the mind, it [that light] appears as darkness. It can be known only through its reflections. All is seen in daylight - except daylight. To be the point of light tracing the world is turiya. To be the light itself is turiyatita. But of what use are names when reality is so near?

A fonte [o Absoluto] não é nem certo nem errado. Nem o desejo em si é certo ou errado. Ele [o desejo]não é nada além do que a busca pela felicidade. Tendo se identificado a si mesmo com uma fagulha de um corpo, você se sente perdido(a) e busca desesperadamente pelo sentimento de plenitude e completitude que você chama de felicidade.
The source is neither right nor wrong. Nor is desire by itselfright or wrong. It is nothing but striving for happiness. Having identified yourself with a speck of a body you feel lost andsearch desperately for the sense of fulness and completeness,you call happiness.

Mesmo o sentimento de 'Eu Sou' é composto de pura luz e do sentimento de ser. O 'Eu' está ali mesmo sem o 'sou'. Da mesma maneira, a pura luz está ali, diga você 'Eu' ou não. Torne-se Sciente da pura luz e você nunca a perderá. A existência no ser, a Sciência na conSciência, o interesse em cada experiência - isso não é descritível, mas, mesmo assim, é perfeitamente acessível, pois não existe nada além disso.
Even the sense of 'I am' is composed of the pure light and the sense of being. The 'I' is there even without the 'am'. So is the pure light there, whether you say 'I' or not. Become aware of the pure light and you will never lose it. The beingness in being, the awareness in consciousness, the interest in every experience - that is not describable, yet perfectly accessible, for there is nothing else.

Não existe tal coisa como [a] pessoa.Há apenas restrições e limitações. A soma total destas define a pessoa. A pessoa meramente parece existir (ser), como o espaço dentro de um pote parece ter a forma, o volume e o cheiro do pote.
There is no such thing as a person. There are only restrictions and limitations. The sum total of these defines the person. The person merely appears to be, like the space within the pot appears to have the shape and volume and smell of the pot.

O totalidade disso é [imaginação]. Mesmo o espaço e o tempo são imaginados. Toda existência é imaginária.
The whole of it is [imagination]. Even space and time are imagined. All existence is imaginary.

Ela [a testemunha] é ambos [real e irreal]. [É]O ultimo remanescente da ilusão e o primeiro toque da realidade. Dizer: 'Eu sou apenas a testemunha' é ambos, falso e verdadeiro. Falso por causa do 'Eu sou', verdadeiro por causa da 'testemunha'. É melhor dizer 'há o testemunhar'. No momento em que você diz 'Eu sou', o universo inteiro vem a ser junto com o seu criador.
It [the witness] is both [real and unreal]. The last remnant of illusion, the first touch of the real. To say: 'I am only the witness' is both false and true: false because of the 'I am', true because of the witness. It is better to say 'there is witnessing'. The moment you say 'I am', the entire universe comes into being along with its creator.

Quando a mente está silenciosa, conhecemos a nós mesmos como a testemunha pura. Nós nos retiramos da experiência e do seu experimentador, e permanecemos separados na pura Sciência, a qual está entre e além dos dois [experiência e experimentador]. A personalidade, baseada na auto-identificação, no imaginar a si mesmo como sendo alguma coisa: 'Eu Sou isso', 'Eu Sou aquilo' continua, mas apenas como uma parte do mundo objetivo. Sua identificação com a testemunha deixa de existir [racha, quebra].
When the mind is quiet, we come to know ourselves as the pure witness. We withdraw from the experience and its experiencer, and stand apart in pure awareness, which is between and beyond the two. The personality, based on self-identification, on imagining oneself to be something: 'I'm this, I'm that', continues, but only as a part of the objective world. Its identification with the witness snaps.

"A negação total, é a essência do positivo"

5 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:20 am

JoseEduardo


Na realidade, os três são um: o vyakta ( ou o eu-interior) e o avyakta (o Ser Supremo) são inseparáveis, enquanto que o viakti (eu-exterior) é o processo de perceber-sentir-pensar. Como poderia haver alguma relação, se os dois são um? Toda essa discussão sobre separação e relação é devida à distorção e influência corruptora da idéia 'Eu-sou-o-corpo'. O eu-exterior (vyakti) é apenas uma projeção no corpo-mente do eu-interior (vyakta), o qual novamente é apenas uma expressão do Ser Supremo (avyakta), o qual é todos e nenhum.
In reality the three are one: the vyakta and the avyakta are inseparable, while the vyakti is the sensing-feeling- thinking process. How can there be relation when they are one? All talk of separation and relation is due to the distorting and corrupting influence of 'I-am-the-body' idea. The outer self (vyakti) is merely a projection on the body-mind of the inner self (vyakta) , which again is only an expression of the Supreme Self (avyakta) , which is all and none.

Quando você está preso à ilusão 'Eu sou esse corpo', você é simplesmente um ponto no espaço e um momento no tempo. Quando a auto-identificação com o corpo deixa de existir, todo o espaço e o tempo ficam em sua mente, que é apenas uma ondulação na conSciência, a qual é a Sciência refletida na natureza. Sciência e matéria são os aspectos ativo e passivo do Ser, o qual está em ambos e além deles.
When you are bound by the illusion 'I am this body', you are merely a point in space and a moment in time. When the self-identification with the body is no more, all space and time are in your mind, which is a mere ripple in consciousness, which is awareness reflected in nature. Awareness and matter are the active and passive aspects of being, which is in both and beyond both.

O mundo só tem [tanto] poder sobre você na medida em que você lhe dá. Rebele-se. Ultrapasse a dualidade.
The world has only as much power over you as you give it. Rebel. Go beyond duality.

Nada que você faça vai mudá-lo, porque você não precisa mudar. Você pode mudar sua mente ou seu corpo, mas sempre é algo externo a você que mudou, não você mesmo. Porque se incomodar em mudar? Compreenda, de uma vez por todas, que nem o seu corpo, nem a sua mente, nem sequer a sua conSciência, é você mesmo, e permaneça sozinho na sua verdadeira natureza, além da conSciência e da inconSciência. Nenhum esforço poderá levá-lo lá, apenas a clareza da compreensão.
Nothing you do will change you, for you need no change. You may change your mind or your body, but it is always something external to you that has changed, not yourself. Why bother at all to change? Realize once for all that neither your body nor your mind, nor even your consciousness is yourself and stand alone in your true nature beyond consciousness and unconsciousness. No effort can take you there, only the clarity of understanding.

Seu verdadeiro lar está no nada, no vazio de todo o conteúdo. Você encara isso muito mais carinhosamente quando vai dormir. Descubra por você mesmo o estado de sono-vígil, e você o descobrirá em harmonia com o seu estado natural. Palavras podem lhe dar apenas uma idéia, e a idéia não é a experiência. Tudo o que eu posso dizer é que a verdadeira bem-aventurança não tem causa, e o que não tem causa é imutável. O que é percebível é a dor e o prazer; o estado de liberdade da tristeza só pode ser descrito negativamente.
Your true home is in nothingness, in emptiness of all content. You face it most cheerfully when you go to sleep! Find out for yourself the state of wakeful sleep and you will find it quite in harmony with your real nature. Words can only give you the idea, and the idea is not the experience. All I can say is that true happiness has no cause, and what has no cause is immovable. Which does not mean it is perceivable, as pleasure. What is perceivable is pain and pleasure; the state of freedom from sorrow can be described only negatively.

Não há etapas para a realização. Não há nada gradual sobre ela. Ela acontece repentinamente e é irrevogável. Você entra em uma nova dimensão, vistas a partir da qual as anteriores são meras abstrações. Assim como no nascer do sol você vê as coisas como elas são, da mesma maneira, na auto-realização você vê tudo como [realmente] é. O mundo da ilusão é deixado para trás.
There are no steps to self-realization. There is nothing gradual about it. It happens suddenly and is irrevocably. You rotate into a new dimension, seen from which the previous ones are mere abstractions. Just like on sunrise you see things as they are, so on self-realization you see everything as it is. The world of illusion is left behind.

Tenha o seu ser fora deste corpo que nasce e morre, e todos os seus problemas se resolverão. Eles existem porque você acredita que nasceu para morrer. Elimine o engano e seja livre. Você não é uma pessoa.
Have your being outside this body of birth and death, and all your problems will be solved. They exist because you believe yourself born to die. Undeceive yourself and be free. You are not a person.

Quando a ignorância, a mãe do pecado, se dissolve, o destino, [que é] a compulsão de pecar de novo, cessa. Com a ignorância terminando, tudo termina. As coisas são vistas como são, e elas são boas.
When ignorance, the mother of sin, dissolves, destiny, the compulsion to sin again, ceases. With ignorance coming to an end, all comes to an end. Things are then seen as they are, and they are good.

Obviamente, é o sentimento de estar presente. Na [experiência da] memória e [da] antecipação, há um claro sentimento de que isso [a memória ou antecipação] é um estado mental sob observação, enquanto no momento atual o sentimento é de primariamente estar presente e Sciente. Onde quer que você vá, o sentimento de Aqui-e-Agora vai junto com você. Isso significa que você é independente do espaço e do tempo, que o espaço e o tempo estão em você, e não você neles. É a sua auto-identificação com o corpo, o qual, claro, é limitado no espaço e no tempo, que dá a você o sentimento de finitude. Na realidade você é infinito e eterno.
Obviously, it is the sense of being present. In memory and anticipation, there is a clear feeling that it is a mental state under observation, while in the actual the feeling is primarily of being present and aware. Wherever you go, the sense of here and now you carry with you all the time. It means that you are independent of space and time, that space and time are in you, not you in them. It is your self-identification with the body, which, of course, is limited in space and time, that gives you the feeling of finiteness. In reality you are infinite and eternal.

Não diga: 'Todos são conScientes'. Diga: 'Há conSciência', na qual tudo aparece e desaparece. Nossas mentes são apenas ondas no oceano da conSciência. Como ondas, elas vêm e vão. Como oceano, elas são infinitas e eternas. Conheçam a si mesmos como o oceano do Ser, o útero de toda a existência. Estas são metáforas, claro; a realidade está além das descrições. Vocês só podem conhecê-la, sendo-a.
Don't say 'everybody is conscious'. Say 'there is consciousness', in which everything appears and disappears. Our minds are just waves on the ocean of consciousness. As waves they come and go. As ocean they are infinite and eternal. Know yourselves as the ocean of being, the womb of all existence. These are all metaphors of course; the reality is beyond description. You can know it only by being it.

6 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:23 am

JoseEduardo


No presente momento, você está sendo levado pela correnteza, e por essa razão está em perigo, porque, para alguém a deriva, qualquer coisa pode acontecer a qualquer momento. É melhor você acordar e ver a sua situação. Que você existe, você sabe. O que você é, você não sabe. Descubra o que você é.
At present you are drifting, and therefore in danger, for to a drifter any moment anything may happen. It would be better to wake up and see your situation. That you are, you know. What you are, you don't know. Find out what you are.

O mundo é pintado por você na tela da conSciência, e é totalmente [o seu mundo] particular.
This world is painted by you on the screen of consciousness and is entirely your own private world.

Não há absolutamente nenhuma diferença entre eu e os outros, exceto no fato de eu conhecer a mim mesmo como eu sou. Eu tenho certeza e você não. A diferença está apenas na mente e é temporária. Eu era como você, você será como eu.
There is absolutely no difference between me and others, except in my knowing myself as I am. I know it for certain and you do not. The difference is only in the mind and temporary. I was like you, you will be like me.

Seu corpo dura pouco no tempo. Tempo e espaço estão apenas na mente. Você não está preso. Apenas compreenda a si próprio - isso, em si mesmo, é a eternidade.
Your body is short of time, not you. Time and space are in the mind only. You are not bound. Just understand yourself - that itself is eternity.

[Meu Guru] me disse: 'Só você existe, negue existência a tudo exceto a si mesmo' e eu não duvidei dele. Eu estava apenas quebrando a cabeça com isso, até que eu compreendi que isso é absolutamente verdadeiro. Eu descobri que eu sou absolutamente conSciente e feliz, e apenas por engano eu pensei que eu devia [o meu] ser-exeiência ao corpo e ao mundo dos corpos.
[My guru] told me: 'You alone are, deny existence to everything except your self' and I did not doubt him. I was merely puzzling over it, until I realized that it is absolutely true. I found that I am conscious and happy absolutely, and only by mistake I thought I owed being-consciousness to the body and the world of bodies.

Permaneça aberto e em silêncio, isso é tudo. O que você procura está tão perto, que não há um espaço para um caminho.
Stay open and quiet, that is all. What you seek is so near you that there is no place for a way

Enquanto você lidar com termos [palavras], real - irreal, a Sciência é a única realidade que pode existir. Mas o Supremo está além de todas as distinções, e para ele o termo 'real' não se aplica, porque nele tudo é real e, por essa razão, não necessita ser etiquetado como tal. É a própria fonte da realidade, ele concede realidade ao que quer que toque. Simplesmente [ele, o Supremo] não pode ser compreendido através de palavras. Mesmo a experiência direta, não importa o quão sublime, simplesmente dá suporte ao testemunho, nada mais. A Mente Universal concede realidade ao que quer que venha a ser. Dizer que é o Amor universal, é o mais próximo que se pode chegar em palavras. Assim como o Amor, ela torna tudo real, belo, desejável.
As long as you deal in terms: real - unreal, awareness is the only reality that can be. But the Supreme is beyond all distinctions, and to it the tern 'real' does not apply, for in it all is real and, therefore, need not be labelled as such. It is the very source of reality, it imparts reality to whatever it touches. It just cannot be understood through words. Even a direct experience, however sublime, merely bears testimony, nothing more. The Universal Mind (chidakash) makes and unmakes everything. The Supreme (paramakash) imparts reality to whatever comes into being. To say that it is the universal love may be the nearest we can come to it in words. Just like love, it makes everything real, beautiful, desirable.

O puro Ser, preenchendo tudo e além, não é a existência, a qual é limitada. Toda limitação é imaginária, apenas o ilimitado é real.
Pure being, filling all and beyond all, is not existence, which is limited. All limitation is imaginary, only the unlimited is real.

O puro Ser, preenchendo tudo e além, não é a existência, a qual é limitada. Toda limitação é imaginária, apenas o ilimitado é real.
Pure being, filling all and beyond all, is not existence, which is limited. All limitation is imaginary, only the unlimited is real.

Não há absolutamente nenhuma diferença entre eu e os outros, exceto no fato de eu conhecer a mim mesmo como eu sou. Eu tenho certeza e você não. A diferença está apenas na mente e é temporária. Eu era como você, você será como eu.
There is absolutely no difference between me and others, except in my knowing myself as I am. I know it for certain and you do not. The difference is only in the mind and temporary. I was like you, you will be like me.

7 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:25 am

JoseEduardo


Você não deve ser indulgente nas previsões e planos nascidos da memória e da antecipação. Uma das peculiaridades do sábio, é que êle não está preocupado com o futuro. A sua preocupação com o futuro é devida ao [seu] medo da dor e desejo de prazer; para o sábio tudo é bem aventurança [felicidade] ele é feliz com o que quer que venha [lhe acontecer].
You must not indulge in forecasts and plans, born of memory and anticipation. It is one of the pecularities of a gnani that he is not concerned with future. Your concern with future is due to fear of pain and desire for pleasure; to the gnani all is bliss: he is happy with whatever comes.

A idéia da inconsciência só existe na consciência.
The idea of unconsciousness exists in consciousness only.

Eu não posso dizer que eu estou em Deus, ou que eu sou Deus; Deus é a luz e o Amor universais, a testemunha universal. Eu sou até mesmo além do universal.
I cannot say that I am in God or I am God; God is the universal light and love, the universal witness: I am beyond the universal even.

Deus cuida dessas coisas de gerenciar o universo; mas ele ficaria feliz em ter alguma ajuda. Quando o ajudante é altruísta e inteligente, todos os poderes do universo estão sob seu comando.
God attends to this business of managing the universe; but he is glad to have some help. When the helper is selfless and intelligent, all the powers of the universe are for him to command.

A fonte [o Absoluto] não é nem certo nem errado. Nem o desejo em si é certo ou errado. Ele [o desejo]não é nada além do que a busca pela felicidade. Tendo se identificado a si mesmo com uma fagulha de um corpo, você se sente perdido(a) e busca desesperadamente pelo sentimento de plenitude e completitude que você chama de felicidade.
The source is neither right nor wrong. Nor is desire by itselfright or wrong. It is nothing but striving for happiness. Having identified yourself with a speck of a body you feel lost andsearch desperately for the sense of fulness and completeness,you call happiness.

Eu lhe peço apenas para parar de imaginar que você nasceu, tem pais, é um corpo, vai morrer e assim por diante. Apenas tente, comece - não é tão difícil quanto parece.
I ask you only to stop imagining that you were born, have parents, are a body, will die and so on. Just try, make a beginning -it is not as hard as you think.
Nisargadatta Maharaj

Você não é o corpo nem está no corpo. Não existe tal coisa como um corpo. Você tem se enganado seriamente sobre si mesmo. Para se conhecer corretamente, investigue.
You are neither the body nor in the body. There is no such thing as body. You have grievously misunderstood yourself. To understand rightly, investigate.
Nisargadatta Maharaj

Você vê a si mesmo no mundo, enquanto que eu vejo o mundo em mim mesmo. Para você, você nasce e morre, enquanto, para mim, o mundo aparece e desaparece. Nosso mundo é real, mas a maneira pela qual você o vê não é. Não há um muro entre nós, exceto aquele construído por você. Não há nada de errado com os seus sentidos, é a sua imaginação que o engana. Ela cobre o mundo como ele é com o que você imagina que ele seja - algo existindo independentemente de você, e, mesmo assim, seguindo de perto seus padrões herdados ou adquiridos.
You see yourself in the world, while I see the world in myself. To you, you get born and die, while to me the world appears and disappears. Our world is real, but your view of it is not. There is no wall between us, except the one built by you. There is nothing wrong with the senses, it is your imagination that misleads you. It covers up the world as it is with what you imagine it to be - something existing independently of you and yet closely following your inherited or acquired patterns.

O Karma é apenas um armazém de energias não utilizadas, de desejos não realizados, e medos não compreendidos. O armazém está sendo continuamente alimentado com novos desejos e medos. Não precisa ser assim para sempre. Compreenda a causa raiz dos seus medos - o estranhamento de si mesmo; e dos desejos - a ânsia pelo Self, e seu Karma se dissolverá como um sonho.
Karma is only a store of unspent energies, of unfulfilled desires, and fears not understood. The store is being constantly replenished by new desires and fears. It need not be so for ever. Understand the root cause of your fears -estrangement from yourself; and of desires -the longing for the self, and your karma will dissolve like a dream.

Seu corpo dura pouco no tempo. Tempo e espaço estão apenas na mente. Você não está preso. Apenas compreenda a si próprio - isso, em si mesmo, é a eternidade.
Your body is short of time, not you. Time and space are in the mind only. You are not bound. Just understand yourself - that itself is eternity.

8 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:27 am

JoseEduardo


Apenas mantenha em mente o sentimento de 'Eu Sou', aprofunde-se nele, até que sua mente e o sentimento sejam uma coisa só. Através de tentativas repetidas, você encontrará o equilíbrio correto entre atenção e afeto, e sua mente estará firmemente estabelecida no pensamento-sentimento de 'Eu Sou'. O que quer que você pense, diga ou faça, este sentimento de Ser, imutável e afetuoso, permanece como a base sempre presente da mente.
Just keep in mind the feeling 'I am', merge in it, till your mind and feeling become one. By repeated attempts, you will stumble on the right balance of attention and affection, and your mind will be firmly established in the thought-feeling 'I am'. Whatever you think, say or do, this sense of immutable and affectionate being remains as the ever-present background of the mind.

[O estado supremo] não é perceptível, porque é ele que torna as percepções possíveis. Ele está além do ser e do não-ser. Não é nem o espelho, nem a imagem no espelho. É o que é - a realidade intemporal, incrivelmente dura e sólida.
[The supreme state] is not perceivable, because it is what makes perception possible. It is beyond being and not being. It is neither the mirror nor the image in the mirror. It is what is - the timeless reality, unbelievably hard and solid.

[Ela é] única, simples, indivisível e imperceptível, exceto nas suas manifestações. Não desconhecível, imperceptível, não-objetivo, inseparável. Nem material nem mental, nem objetiva nem subjetiva, é a raiz da matéria e a fonte da conSciência. Além do mero viver e morrer, ela é a toda-incudente, a toda-exclusiva Vida, na qual nascimento é morte e morte é nascimento.
[It is] single, simple, indivisible and unperceivable, except in its manifestations. Not unknowable, but unperceivable, unobjectival, inseparable. Neither material nor mental, neither objective nor subjective, it is the root of matter and the source of consciousness. Beyond mere living and dying, it is the all-inclusive, all-exclusive Life, in which birth is death and death is birth.

Para que a Realidade seja [vivida conScientemente], as idéias de 'eu' e 'meu' têm de ser abandonadas. Elas o serão, se você deixar. Então seu estado normal reaparece, no qual você não é nem o corpo, nem a mente, nem o 'eu', nem o 'meu', mas um estado de Ser completamente diferente. É pura Sciência de Ser; sem ser isso ou aquilo, sem nenhuma auto-identificação com qualquer coisa em particular ou em geral. Nessa pura luz da conSciência, não há nada, nem sequer a idéia do nada. Há apenas luz.
For reality to be, the ideas of 'me' and 'mine' must go. They will go if you let them. Then your normal natural state reappears, in which you are neither the body nor the mind, neither the 'me' nor the 'mine', but in a different state of being altogether. It is pure awareness of being, without being this or that, without any self- identification with anything in particular or in general. In that pure light of consciousness there is nothing, not even the idea of nothing. There is only light.

Mesmo que você seja completamente ignorante dos meios e caminhos, fique em silêncio e olhe para dentro; com certeza, um guia surgirá. Você nunca é deixado sem saber qual deveria ser seu próximo passo. O problema é que você pode refugar. O guru está ali para lhe dar coragem por causa da sua [dele] experiência e sucesso. Mas apenas aquilo que você descobrir através da sua própria Sciência, seu próprio esforço, será de uso permanente para você.
Even if you are quite ignorant of the ways and the means, keep quiet and look within; guidance is sure to come. You are never left witout knowing what your next step should be. The trouble is that you may shirk it. The guru is there for giving you courage because of his experience and success. But only what you discover through your own awareness, your own effort, will be of permanent use to you.

Tudo que eu peço para você é o seguinte: Ame o seu Self perfeitamente. Não negue nada a você - dê a si mesmo o infinito e a eternidade, e descubra que você não precisa deles; você está (é) além.
All I plead with you is this: make love of your self perfect. Deny yourself nothing - give your self infinity and eternity, and discover that you do not need them; you are beyond.

Auto-entrega é a entrega de toda auto-preocupação. Não pode ser feita, acontece quando você compreende sua verdadeira natureza.
Self-surrender is the surrender of all self-concern. It cannot be done, it happens when you realize your true nature.

A verdade só pode ser expressa pela negação do falso - na ação. Para isso, você deve ver o falso como falso e rejeitá-lo. A renuncia do falso energisa e liberta. Ela abre o caminho para a perfeição.
Truth can be expressed only by the denial of the false -in action. For this, you must see the false as false (viveka) and reject it (vairagya). Renunciation of the false is liberating and energizing. It lays open the road to perfection.

Enquanto se for conSciente, haverá dor e prazer. Você não pode lutar contra a dor e o prazer no nível da conSciência. Para ir além deles, você tem de ir além da conSciência, o que é possível apenas quando você olha a conSciência como algo que acontece a você, e não em você, como algo externo, alienígena, superimposto. Então, subitamente, você está livre da conSciência, realmente sozinho, sem nada se intrometendo. E esse é o seu estado verdadeiro. A conSciência é uma irritação que faz você se coçar. Claro, você não pode escapar da conSciência , porque o próprio [ato de ] escapar está dentro da conSciência. Mas se você aprender a olhar para a sua conSciência como um tipo de febre, pessoal e particular, na qual você está preso como um pintinho no seu ovo, dessa atitude virá a crise, a qual quebrará o ovo.
As long as one is conscious, there will be pain and pleasure. You cannot fight pain and pleasure on the level of consciousness. To go beyond them, you must go beyond consciousness, which is possible only when you look at consciousness as something that happens to you, and not in you, as something external, alien, superimposed. Then, suddenly you are free of consciousness, really alone, with nothing to intrude. And that is your true state. Consciousness is an itching rash that makes you scratch. Of course, you cannot step out of consciousness, for the very stepping out is in consciousness. But if you learn to look at your consciousness as a sort of fever, personal and private, in which you are enclosed like a chick in its shell, out of this very attitude will come the crisis which will break the shell.

O estado de identidade é inerente à realidade, e nunca desaparece. Mas [a] identidade não é nem a personalidade transitória, nem a individualidade presa ao karma. É aquilo que permanece quando toda auto-identificação é reconhecida como falsa - conSciência pura, o sentimento de ser tudo que há, ou poderia ser. A Consicência é pura no começo e pura no final; no intervalo ela é contaminada pela imaginação, a qual é a raiz da criação. Em qualquer tempo, a ConSciência permanece a mesma. Conhecê-la como ela é, é a realização e a paz intemporal.
The state of identity is inherent in reality and never fades. But identity is neither the transient personality (vyakti), nor the karma-bound individuality (vyakta). It is what remains when all self-identification is given up as false - pure consciousness, the sense of being all there is, or could be. Consciousness is pure in the beginning and pure in the end; in between it gets contaminated by imagination which is at the root of creation. At all times consciousness remains the same. To know it as it is, is realization and timeless peace.

9 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:30 am

JoseEduardo


O testemunhar é natural e sem problemas. O problema é o interesse excessivo, levando à auto-identificação. O que quer que o chame a atenção, você acredita ser real.
Witnessing is natural and no problem. The problem is excessive interest, leading to self-identification. Whatever you are engrossed in, you take to be real.

Não existe um segundo Self ou um Self superior para ser buscado. Você é o Self supremo, apenas abra mão das idéias falsas que você tem sobre si mesmo.
There is no second, or higher self to search for. You are the highest self, only give up the false ideas you have about your self.

É sólido, estável, imutável, sem começo e sem fim, sempre novo, sempre fresco.
It is solid, steady, changeless, beginningless and endless, ever new, ever fresh.

Toda experiência é necessariamente transitória. Mas a base de toda experiência é imutável. Nada que possa ser chamado de evento perdurará. Mas alguns eventos purificam a mente, enquanto outros a mancham. Momentos de profundo insight e Amor envolvente purificam a mente, enquanto desejos e medos, inveja e raiva, crenças cegas e arrogância intelectual, poluem e emburrecem a psique.
All experience is necessarily transient. But the ground of all experience is immovable. Nothing that may be called an event will last. But some events purify the mind and some stain it. Moments of deep insight and all- embracing love purify the mind, while desires and fears, envies and anger, blind beliefs and intellectual arrogance pollute and dull the psyche.

Onde há um universo, haverá também sua contra partida, a qual é Deus. Mas eu estou/sou além de ambos.
Where there is a universe, there will also be its counterpart, which is God. But I am beyond both.

Livre-se de todas as idéias sobre você mesmo, mesmo a idéias de que você é Deus. Nenhuma auto-definição é válida.
Get rid of all ideas about yourself, even of the idea that you are God. No self-definition is valid.

Maturidade espiritual é estar pronto para abandonar tudo. Abrir mão é o primeiro passo, mas o abrir mão verdadeiro (real) é o insight (a compreensão) de que não há nada para se abrir mão, uma vez que nada é sua propriedade.
Spiritual maturity is being ready to let go everything. Giving up is a first step, but real giving-up is the insight that there's nothing to be given up, since nothing is your property.'

Se você quiser viver uma vida sadia, criativa e feliz, e ter infinitas riquezas para compartilhar, busque por quem você é.
If you want to live sanely, creatively and happily, and have infinite riches to share, search for what you are.

Antes que o mundo fosse, a conSciência era. Na conSciência, ele vem a ser, na conSciência ele ele dura, e na pura conSciência ele se dissolve. Na raiz de tudo está o sentimento de 'Eu Sou.' O estado mental de 'há um mundo' é secundário, pois, para existir, eu não necessito do mundo, o mundo precisa de mim.
Before the world was, consciousness was. In consciousness it comes into being, in consciousness it lasts and into pure consciousness it dissolves. At the root of everything is the feeling 'I am'. The state of mind 'there is a world' is secondary, for to be, I do not need the world, the world needs me.

Eu não tenho forma, nem nome. É o apego ao nome e a forma que dá luz ao medo. Eu não estou apegado. Eu sou nada, e o nada não tem medo de coisa alguma. Pelo contrário, tudo tem medo do Nada, porque quando algo toca o Nada, ela se torna nada.
I have no shape, nor name. It is attachment to a name and shape that breeds fear. I am not attached. I am nothing, and nothing is afraid of no thing. On the contrary, everything is afraid of Nothing, for when a thing touches Nothing, it becomes nothing.

10 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:32 am

JoseEduardo


Você é [solitário] como pessoa. No seu ser real, você é o todo.
You are [lonely] as a person. In your real being you are the whole.

O Ser ( o Existir) é uma superposição, um manto de ilusão sobre o Absoluto. O mundo é apenas a superfície da mente, e a mente é infinita. O que chamamos de pensamentos, são apenas ondulações na mente. Quando a mente está quieta, ela reflete a realidade. Quando está imóvel continuamente, ela se dissolve e apenas a realidade permanece. Esta realidade é tão concreta, tão atual, tão mais tangível que a mente e a matéria que, comparada com ela mesma, um diamante é macio como a manteiga. Essa atualidade é tão incisiva que faz o mundo parecer um sonho.
'The Beingness is a superimposition, a cloak of illusion over the Absolute. The world is but the surface of the mind, and the mind is infinite. What we call thoughts are just ripples in the mind. When the mind is quiet, it reflects reality. When it is motionless through and through, it dissolves and only reality remains. This reality is so concrete, so actual, so much more tangible than mind and matter, that compared to it even a diamond is soft like butter. This overwhelming actuality makes the world dream-like.'

Descarte tudo o que você não é e vá ainda mais fundo [na busca do auto-conhecimento]. Assim como um homem que cava um poço descarta tudo o que não é água, até que ele atinja o lençol, assim você também descarta tudo o que não é seu mesmo, até que nada reste que você possa abrir mão. Você descobrirá que o que sobrou não é nada no qual a mente possa se fixar. Você nem sequer é um ser humano. Você simplesmente é - um ponto de Sciência, co-extensivo ao tempo e ao espaço e além de ambos, a causa definitiva, não-causada em si mesmo. Se você me perguntasse 'Quem é você?' minha resposta seria: 'Nada em particular. E mesmo assim, Eu Sou.'
Discard all you are not and go ever deeper. Just as a man digging a well discards what is not water, until he reaches the water-bearing strata, so must you discard what is not your own, till nothing is left which you can disown. You will find that what is left is nothing which the mind can hook on to. You are not even a human being. You just are - a point of awareness, co-extensive with time and space and beyond both, the ultimate cause, itself uncaused. If you ask me 'Who are you?', my answer would be: 'Nothing in particular. Yet, I am.'

Não há nem bem nem mal. Em cada situação concreta, há apenas o necessário e o desnecessário. O necessário é certo e o desnecessário é errado. No meu mundo, mesmo o que você chama de mal é o servo do bem e por essa razão [é] necessário. É como as erupções e a febre que limpam o corpo das impurezas. A doença é dolorosa, e até perigosa, mas se tratada corretamente, ela cura. Em alguns casos, a morte é a melhor cura.
There is no good and no evil. In every concrete situation, there is only the necessary and the unnecessary. The needful is right, the needless is wrong. In my world, even what you call evil is the servant of the good and therefore necessary. It is like boils and fever that clear the body of impurities. Disease is painful, even dangerous, but if dealt with rightly, it heals. In some cases death is the best cure.

A idéia da 'Iluminação' é da maior importância. Apenas no fato de saber que existe tal possibilidade, muda-se completamente a maneira de se ver . Ela [essa possibilidade] age como um fósforo aceso no meio de uma nuvem de serragem. Uma faísca de verdade pode queimar uma montanha de mentiras. Só ouvir sobre isso já é uma promessa de iluminação.
The idea of enlightenment is of utmost importance. Just to know that there is such possibility changes one's entire outlook. It acts like a burning match in a heap of saw dust. A spark of truth can burn up a mountain of lies. The very hearing of it is a promise of enlightenment.

A pessoa, o 'Eu Sou este corpo, esta mente, esta cadeia de memórias, este amontoado de desejos e medos' desaparece, mas algo, que você pode chamar de identidade, permanece. Isso me permite me tornar uma pessoa quando necessário.
The person, the 'I am this body, this mind, this chain of memories, this bundle of desires and fears' disappears, but something you may call identity remains. It enables me to become a person when required.

A pessoa, o 'Eu Sou este corpo, esta mente, esta cadeia de memórias, este amontoado de desejos e medos' desaparece, mas algo, que você pode chamar de identidade, permanece. Isso me permite me tornar uma pessoa quando necessário.
The person, the 'I am this body, this mind, this chain of memories, this bundle of desires and fears' disappears, but something you may call identity remains. It enables me to become a person when required.

A idéia de responsabilidade está na sua mente. Você pensa que deve haver algo ou alguém unicamente responsável por tudo que acontece. Há uma contradição entre um universo múltiplo e uma causa única. Ou um ou outro deve ser falso. Ou ambos. Da maneira pela qual eu vejo, tudo é como sonhar acordado. Não há realidade nas idéias. O fato é que, sem você, nem o universo nem sua causa teriam como vir a existir.
The idea of responsibility is in your mind. You think there must be something or somebody solely responsible for all that happens. There is a contradiction between a multiple universe and a single cause. Either one or the other must be false. Or both. As I see it, it is all day-dreaming. There is no reality in ideas. The fact is that without you, neither the universe nor its cause could have come into being.

Porque você fala de ação? Você já agiu alguma vez? Algum poder desconhecido age, e você imagina que é você agindo. Você está meramente observando o que acontece, sem ser capaz de influenciar, de qualquer maneira que seja. N.T.: Evidentemente o ponto de vista de Nisargadatta representado aqui, é o da conSciência-Testemunha, do Ser-em-Si-mesmo, e não o do individuo social, da pessoa mundana. Ambos coexistem contínuamente, apenas nosso foco está deslocado para a pessoa e não para o Ser ou Absoluto. Esse ponto de vista não invalida nem desautoriza, de nenhuma maneira. as ações meritórias e sociais da pessoa no mundo dual já que este é apenas um subproduto transitório da mente.
Why do you talk of action? Are you acting ever? Some unknown power acts and you imagine that you are acting. You are merely watching what happens, without being able to influence it in any way.

Sua mente está baseada nos hábitos da avaliação e aquisição, e não admitirá que o incomparável e o inatingível estão esperando intemporalmente para serem reconhecidos dentro de seu próprio coração. Tudo o que você tem de fazer é abandonar todas as memórias e expectativas. Apenas mantenha-se de prontidão, na maior nudez e vazio.
Your mind is steeped in the habits of evaluation and acquisition, and will not admit that the incomparable and unobtainable are waiting timelessly within your own heart for recognition. All you have to do is to abandon all memories and expectations. Just keep yourself ready in utter nakedness and nothingness.

11 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:34 am

JoseEduardo


Só há problemas quando você se prende a alguma coisa. Quando você não se prende a nada, nenhum problema aparece. O abandono do menor é o ganho do maior. Abandone tudo e ganhe tudo. A vida se torna o que deveria ser: pura radiação de uma fonte inexaurível. Sob essa luz o mundo aparece, pálido como um sonho.
There is trouble only when you cling to something. When you hold on to nothing, no trouble arises. The relinquishing of the lesser is the gaining of the greater. Give up all and you gain all. Then life becomes what it was meant to be: pure radiation from an inexhaustible source. In that light the world appears dimly like a dream.

Todos os três estados [vigília, sono e sonho] são [como] sono para mim. Meu estado de vigília está além deles. Na medida em que olho para vocês, vocês todos parecem estar dormindo, sonhando mundos só seus. Eu estou Sciente, pois não imagino nada. Não é samadhi, o qual é apenas uma forma de sono. É somente um estado não afetado pela mente, livre do passado e do futuro. No seu caso, ele é distorcido pelo desejo e pelo medo, pelas memórias e esperanças; no meu [caso] ele é como é - normal. Ser uma pessoa é estar dormindo.
All the three states [waking, sleeping, dreaming] are sleep to me. My waking state is beyond them. As I look at you, you all seem asleep, dreaming up worlds of your own. I am aware, for I imagine nothing. It is not samadhi , which is but a kind of sleep. It is just a state unaffected by the mind, free from the past and future. In your case it is distorted by desire and fear, by memories and hopes; in mine it is as it is - normal. To be a person is to be asleep.

Tudo o que acontece é a causa de tudo o que acontece. As causas são inumeráveis; a idéia de uma causa única é ilusão.
All that happens is the cause of all that happens. Causes are numberless; the idea of a sole cause is an illusion.

A mente pura vê as coisas como elas são - bolhas na conSciência. Essa bolhas aparecem, desaparecem e reaparecem - sem ter uma existência real. Cada bolha é um corpo e todos esses corpos são meus.
The pure mind sees things as they are - bubbles in consciousness. These bubbles are appearing, disappearing and reappearing - without having real being. Each bubble is a body and all these bodies are mine.

Há apenas um equívoco que você está cometendo: você toma o interno pelo externo, e o externo pelo interno. O que está em você, você acha que é externo, e o que está fora de você, você acha que é interno. A mente e os sentimentos são externos, mas você acha que eles são íntimos. Você acredita que o mundo é objetivo, enquanto que ele é completamente uma projeção da sua psique. Esta é a confusão básica.
There is only one mistake you are making: you take the inner for the outer, and the outer for the inner. What is in you, you take to be outside you, and what is outside you take to be in you. The mind and feelings are external, but you take them to be intimate. You believe the world to be objective, while it is entirely a projection of your psyche. That is the basic confusion.

Egoísmo é a causa do sofrimento. Não há outra causa. É apenas com a separação e a auto-busca que o sofrimento real aparece no mundo.
Selfishness is the cause of suffering. There is no other cause. It is only with separateness and self-seeking that real suffering appears in the world.

Agora eu não sei nada, porque todo conhecimento está apenas em um sonho e [por isso] não é válido. Eu conheço a mim mesmo e não encontro nem vida nem morte em mim, apenas puro Ser, não sendo nem isso nem aquilo, mas apenas sendo.
Now I know nothing, for all knowledge is in dream only and not valid. I know myself and I find no life nor death in me, only pure being, not being this or that, but just being.

Primeiro realize seu próprio ser. Isto é fácil, porque o sentimento de 'Eu Sou' está sempre com você. Então, encontre a si mesmo como o conhecedor [aquele que conhece], separado do conhecido. Uma vez que você [re]conhece a si mesmo como puro Ser, o êxtase da liberdade é [o] seu.
First realize your own being. This is easy because the sense 'I am' is always with you. Then meet yourself as the knower, apart from the known. Once you know yourself as pure being, the ecstasy of freedom is your own.

A liberdade une. A união liberta.
Freedom unites. Union liberates.

Você é o Self, aqui e agora. Deixe a mente em paz, permaneça sciente e não preocupado, e você compreenderá que permanecer alerta e desapegado, olhando os eventos irem e virem, é um aspecto da sua real natureza.
You are the Self, here and now. Leave the mind alone, stand aware and unconcerned, and you will realize that to stand alert and detached, watching events come and go, is an aspect of your real nature.

12 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:37 am

JoseEduardo


A testemunha é aquela que diz 'Eu sei.' A pessoa diz: 'Eu faço.' Agora, dizer 'Eu sei' não é uma inverdade, é apenas limitado. Mas dizer 'Eu faço' é, no geral, falso, porque não há ninguém que faça; tudo acontece por si mesmo, incluindo a idéia de ser alguém que faz. O Universo é cheio de ação, mas não há ator. Há um número incontável de pessoas pequenas, grandes e muito grandes, as quais, através da identificação, imaginam a si mesmas agindo. Mas isso não muda o fato de que o mundo da ação é um todo único, no qual tudo é dependente, e afeta a tudo. As estrelas nos afetam profundamente e nós afetamos a elas. Retroceda da ação para a conSciência. Deixe a ação para o corpo e a mente; é o domínio deles. Permaneça como testemunha pura, até que mesmo o testemunhar dissolva-se no Supremo.
The witness is that which says 'I know'. The person says 'I do'. Now, to say 'I know' is not untrue, it is merely limited. But to say 'I do' is altogether false, because there is nobody who does; all happens by itself, including the idea of being a doer. The universe is full of action, but there is no actor. There are numberless persons small and big and very big, who, through identification, imagine themselves as acting, but it does not change the fact that the world of action (mahadakash) is one single whole in which all depends on, and affects all. The stars affect us deeply and we affect the stars. Step back from action to consciousness, leave action to the body and the mind; it is their domain. Remain as pure witness, till even witnessing dissolves in the Supreme.

Maturidade espiritual é estar pronto para abandonar tudo. Abrir mão é o primeiro passo, mas o abrir mão verdadeiro (real) é o insight (a compreensão) de que não há nada para se abrir mão, uma vez que nada é sua propriedade.
Spiritual maturity is being ready to let go everything. Giving up is a first step, but real giving-up is the insight that there's nothing to be given up, since nothing is your property.'

Quando você olha para qualquer coisa, é o último [o Supremo, o Definitivo] que você vê, mas você imagina que vê uma nuvem ou uma árvore.
When you look at anything, it is the ultimate you see, but you imagine that you see a cloud or a tree.

O estado de identidade é inerente à realidade, e nunca desaparece. Mas [a] identidade não é nem a personalidade transitória, nem a individualidade presa ao karma. É aquilo que permanece quando toda auto-identificação é reconhecida como falsa - conSciência pura, o sentimento de ser tudo que há, ou poderia ser. A ConSciência é pura no começo e pura no final; no intervalo ela é contaminada pela imaginação, a qual é a raiz da criação. Em qualquer tempo, a ConSciência permanece a mesma. Conhecê-la como ela é, é a realização e a paz intemporal.
The state of identity is inherent in reality and never fades. But identity is neither the transient personality (vyakti), nor the karma-bound individuality (vyakta). It is what remains when all self-identification is given up as false - pure consciousness, the sense of being all there is, or could be. Consciousness is pure in the beginning and pure in the end; in between it gets contaminated by imagination which is at the root of creation. At all times consciousness remains the same. To know it as it is, is realization and timeless peace.

Nascer significa criar um mundo em volta de si mesmo como centro.
To be born means to create a world round yourself as the centre.

Se você quiser viver uma vida sadia, criativa e feliz, e ter infinitas riquezas para compartilhar, busque por quem você é.
If you want to live sanely, creatively and happily, and have infinite riches to share, search for what you are.

Pegue [por exemplo] a idéia 'Eu nasci'. Você pode achar que ela é verdadeira. [Mas] Ela não é. Você não nasceu, nem jamais morrerá. É a idéia que nasceu e morrerá, não você. Por identificar a si mesmo com ela você se torna mortal.
Take the idea 'I was born'. You may take it to be true. It is not. You were not born, nor will you ever die. It is the idea that was born and shall die, not you. By identifying yourself with it you became mortal.

Ninguém pode obrigar outra pessoa a viver. Além disso, há culturas nas quais o suicídio tem seu lugar de reconhecimento e respeito. Há uma virtude nobre na resistência a qualquer coisa que aconteça, mas também há dignidade na recusa de uma tortura sem sentido e humilhação.
Nobody can compel another to live. Besides, there were cultures in which suicide had its acknowledged and respected place. There is noble virtue in unshakable endurance of whatever comes, but there is also dignity in the refusal of meaningless torture and humiliation.

A ignorância é como uma febre - faz você ver coisas que não estão ali. O Karma é o tratamento prescrito pela divindade. Dê a ele as boas vindas e siga suas instruções fielmente, que você logo ficará bom. Um paciente deixará o hospital depois de se recuperar. Insistir em liberdade de escolha ou ação imediatas apenas retardará a recuperação. Aceite seu destino e cumpra-o, este é o melhor caminho para se libertar do destino. Comentário: Aceitação aqui não significa não-agir, omitir-se. Pelo contrario; somente com a aceitação poderemos escolher como agir construtivamente. Se negarmos o que quer que seja, tal qual uma pessoa que nega estar doente, porque ela tomaria o remédio? A aceitação da situação é condição necessária para o agir corretamente.
Ignorance is like a fever - it makes you see things which are not there. Karma is the divinely prescribed treatment. Welcome it and follow the instructions faithfully, and you will get well. A patient will leave the hospital after he recovers. To insist on immediate freedom of choice or action will merely postpone recovery. Accept your destiny and fulfil it - this is the shortest way to freedom from destiny.

O mundo só tem [tanto] poder sobre você na medida em que você lhe dá. Rebele-se. Ultrapasse a dualidade.
The world has only as much power over you as you give it. Rebel. Go beyond duality.

13 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:39 am

JoseEduardo


No momento, você é dirigido pelo princípio do prazer-dor, que é o princípio do ego. Você está acompanhando o ego; e não lutando contra ele. Você nem sequer está conSciente do quão totalmente está envolvido nas suas considerações pessoais. Um homem deveria estar sempre revoltado contra si mesmo, porque o ego, como um espelho rachado, estreita e distorce [a sua percepção]. É o pior de todos os tiranos, ele o domina absolutamente.
At present, you are moved by the pleasure-pain principle which is the ego. You are going along with the ego, you are not fighting it. You are not even aware how totally you are swayed by personal considerations. A man should be always in revolt against himself, for the ego, like a crooked mirror, narrows down and distorts. It is the worst of all the tyrants, it dominates you absolutely.

Onde há um universo, haverá também sua contra partida, a qual é Deus. Mas eu estou/sou além de ambos.
Where there is a universe, there will also be its counterpart, which is God. But I am beyond both.

Eu lhe peço apenas para parar de imaginar que você nasceu, tem pais, é um corpo, vai morrer e assim por diante. Apenas tente, comece - não é tão difícil quanto parece.
I ask you only to stop imagining that you were born, have parents, are a body, will die and so on. Just try, make a beginning -it is not as hard as you think.

Como pode haver [um Deus separado de mim]? 'Eu Sou' é a raiz, Deus é a árvore.
How can there be [a God apart from me]? 'I am' is the root, God is the tree.

Eu sou um, mas apareço como muitos.
I am one, but appear as many.

Você não é o corpo. Você é a imensidão e o infinito da conSciência.
You are not the body. You are the immensity and infinity of consciousness.

qdo puder, continue.....
please,again....

As palavras podem levá-lo até seu próprio limite; para ir além, você deve abandoná-las. Permaneça apenas como a testemunha silenciosa.
Words can bring you only up to their own limit; to go beyond, you must abandon them. Remain as the silent witness only.

É a mente que lhe diz que a mente está lá. Não se iluda. Todos os argumentos intermináveis sobre a mente são produzidas pela própria mente, para sua própria proteção, continuação e expansão. É a firme recusa de considerar as convoluções e convulsões da mente, que podem levá-lo além dela.
It is the mind that tells you that the mind is there. Don't be deceived. All the endless arguments about the mind are produced by the mind itself, for its own protection, continuation and expansion. It is the blank refusal to consider the convolutions and convulsions of the mind that can take you beyond it.

14 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:40 am

JoseEduardo


Simples conhecimento não éo suficiente; o conhecedor [aquele que conhece] deve ser conhecido. Os pandits e yogues podem saber muitas coisas, mas qual é o uso só do conhecimento, quando o Self não é conhecido? Ele pode certamente ser mal utilizado. Sem oconhecimento do conhecedor não pode haver paz. Comentário: 'Pandit' é um título honorífico atribuído a professores ou eruditos na Índia, principalmente aos versados em sânscrito, ciências, leis e religião.
Mere knowledge is not enough; the knower must be known. The pandits and yogis may know many things, but of what use is mere knowledge when the self is not known? It will be certainly misused. Without the knowledge of the knower there can be no peace.

O Real não morre, o irreal nunca viveu.
The real does not die, the unreal never lived.

15 Re: NISARGADATTA em Dom Jul 19, 2009 1:41 am

JoseEduardo


FONTES:
http://www.nisargadatta-brasil.org/
http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=2214307&tid=2593570513425765074

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum